terça-feira, 3 de maio de 2016

AGENTES COMUNITÁRIOS DE SAÚDE E DE ENDEMIAS DENUNCIAM PREFEITURA DE RETER VERBAS DO FUNDO NACIONAL DE SAÚDE

Fundo confirma o envio de recursos 
Os agentes comunitários de Saúde e de Endemias evitam falar, mas publicam em rede social, o descontentamento com o gestor municipal que deixou de repassar os incentivos adicionais do período 2015/2016, cujos extratos de envios de repasses são confirmados pelo Conselho Municipal de Saúde. Hoje, Uruguaiana conta com 187 agentes de Saúde e 35 ligados à área de Endemias.
Pesquisas do Conselho Municipal de Saúde revelaram à redação do DIÁRIO DA FRONTEIRA, que o Fundo Nacional de Saúde do Ministério da Saúde repassou, em 2015, o valor de R$ 152.100,00 como forma de incentivo adicional ao Programa de Agentes Comunitários de Saúde, ao qual estão incluídos os agentes de Endemias. O mesmo valor, relativo ao ano de 2016, foi enviado à Prefeitura de Uruguaiana que até esta data também não fez chegar às mãos dos agentes a verba federal. Renato Corrêa informa que o Conselho Municipal de Saúde já notificou a Secretaria da Saúde devido à irregularidade. Ele destaca que essa é uma forma de incentivo aos agentes que realizam um trabalho essencial para a prevenção da saúde e qualidade de vida do uruguaianense. “Enquanto os agentes de saúde fazem a mapeação dos moradores dos bairros, com visitas e agendamentos de idosos e incapazes, o setor de endemias procura detectar focos de dengue e de outras doenças no município”, acrescenta Corrêa para destacar a importância do trabalho destes profissionais.
A reportagem do DIÁRIO DA FRONTEIRA buscou localizar a secretária de Saúde Saionara Marques dos Santos para falar sobre a retenção de valores, mas foi informada de que ela se encontra em viagem e retorna a cidade nessa terça-feira. O prefeito Luiz Augusto Schneider também não foi localizado na tarde desta segunda-feira.

DOSES DA VACINA CONTRA A GRIPE SE ESGOTAM NOVAMENTE EM URUGUAIANA

A partir desta terça-feira, quem for procurar a vacina contra a gripe não vai encontrar no posto de saúde central e em algumas Unidades Básicas de Saúde de Uruguaiana. As doses terminaram na tarde de ontem (02). Até o fechamento desta matéria, a Secretaria de Saúde ainda não havia feito um levantamento de quais ESFs ainda teriam doses disponíveis. O município recebeu uma primeira remessa de 16 mil doses para iniciar a campanha de vacinação. Após, pouco mais de dois dias, as vacinas esgotaram. Na última quinta-feira (28), a secretaria recebeu 7.600 unidades e sexta-feira (29), mais cinco mil. “Nós estivemos aqui na semana passada e não tinha vacina. Causa certa preocupação, porque temos que nos prevenir. Agora voltamos e deu certo”, disse a pedagoga Laura Vasconcellos, que na segunda-feira, conseguiu imunizar a sobrinha Antônia, de oito meses.

*Matéria completa na edição impressa do DIÁRIO DA FRONTEIRA.

DIREÇÃO DO CIEP CONVOCA A COMUNIDADE PARA A RECONSTRUÇÃO DA ESCOLA

Direção assumiu o desafio de unir à comunidade
 A nova direção do Centro Integrado de Educação Pública (Ciep) João Baptista Luzardo, que atende o complexo populacional formado pelos bairros João Paulo II, Anita Garibaldi, RBS, Tabajara Brites, Pró-Lar e outras comunidades do entorno, na zona Sul de Uruguaiana; enfrenta o desafio de reconstruir a escola e cumprir a missão de ensinar. No comando desde dezembro com o seu grupo diretivo, a professora Jacqueline da Silveira Rodrigues falou à redação do Diário da Fronteira que quando se candidatou estava ciente dos problemas e dos desafios e fez questão de elucidar algumas informações referentes à realidade da escola que tem 110 servidores, entre professores e funcionários, e atende 1.300 alunos do Ensino Fundamental, Politécnico (Ensino Médio) e Projeto Educação de Jovens e Adultos (EJA).

Maior problema a ser resolvido é o ginásio depredado
Depredação: conscientização é o caminho para evitar

As dificuldades vão desde problemas estruturais à violência, mas para todos eles a direção tem projetos de enfrentamento. Recentemente, a escola permaneceu fechada, com os alunos dispensados por causa da determinação dos Bombeiros que apontaram falta de extintores e problemas nas saídas de emergências. Na parte estrutural, o ginásio apresenta danos no telhado e vidros quebrados nas portas e janelas. O pior, é que a depredação foi feita pelos próprios alunos o que torna impossível qualquer atividade esportiva em dias de chuva.  Conforme a diretora, a 10ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE), estabeleceu prazos e as adequações estão em andamento.

*Matéria completa na edição impressa do DIÁRIO DA FRONTEIRA.

FRAUDE DOS REMÉDIOS: SCHNEIDER USA TRECHOS DA PRÓRIA SENTENÇA DA JUSTIÇA EM SUA DEFESA

Na tarde de ontem, o prefeito Luiz Augusto Schneider (PSDB), diante da acusação de envolvimento dele em fraude na compra de medicamentos pela Prefeitura de Uruguaiana, à época em que comandou a Secretaria Municipal de Saúde, no período de 2009 a 2012, emitiu nota oficial de esclarecimento público. Em sua defesa, o prefeito cita trechos da própria sentença na qual consta não ter havido dolo por parte de Schneider que à época, fora induzido ao erro por servidores ocupantes de Cargos em Comissão (CC), responsáveis pelo recebimento dos remédios. Em sua defesa, o prefeito alega ter ele mesmo investigado e descoberto esquemas fraudulentos em outros processos.
Ausência de provas - “Por outro lado, em favor do demandado, não é possível desconsiderar que se tratou de situação episódica, dado que inexiste prova ou mesmo menção à existência de outros pagamentos irregulares, ou condutas da mesma natureza, que tão logo realizada a denúncia de irregularidades, o réu na condição de Secretário de Saúde, adotou as providências necessárias à apuração dos fatos, inclusive determinando aprofundada conferência física do estoque de remédios; que não há prova de algum favorecimento obtido por Luiz Augusto”, ressaltou, conforme menciona Schneider, o juiz da 2ª Vara Criminal de Uruguaiana Adérito Martins Nogueira Junior.
Sem prejuízos aos cofres públicos - O prefeito cita trechos da sentença do magistrado, em que o mesmo reconhece não ter o secretário de Saúde, na condição de gestor, de analisar o recebimento dos remédios sendo normal confiar e delegar tais funções aos agentes públicos responsáveis. “Inicialmente, importa mencionar, no tópico, que as irregularidades em exame não causaram lesão direta ao patrimônio público, pois, como afirmado pelo próprio demandante na peça inicial, alertado sobre a possível fraude, o Município de Uruguaiana deixou de efetuar o pagamento correspondente.”, cita o prefeito, esse trecho da sentença.

*Leia matéria completa na edição impressa do Diário da Fronteira.

JUSTIÇA DETERMINA A RETIRADA DOS ÔNIBUS DO SISTEMA 1000 DAS LINHAS EM URUGUAIANA

Até para o melhor observador já não é mais possível responder de imediato quantas idas e vindas ou reviravoltas aconteceram na polêmica definição que atual empresa ou grupo empresarial ficará operando definitivamente os serviços de transporte coletivo urbano de passageiros em Uruguaiana. Ontem, uma nova decisão judicial surpreendeu empresários e o meio jurídico que defende as causas de seus respectivos antagonistas: de um lado, o Sistema Integrado de Transporte (SIT), implantado pelo governo do prefeito Luiz Augusto Schneider (PSDB). Do outro, as cinco empresas do Sistema 1000, antigo grupo que historicamente explora o transporte coletivo na cidade.

DECISÕES FAVORÁVEIS AOS CONTENDORES

Conforme o advogado das empresas do Sistema 1000, Manuel Petry, a desembargadora do Tribunal de Justiça do Estado (TJE), Denise Oliveira Cezar, determinou que os empresários do sistema antigo retirassem os ônibus das linhas urbanas. Essa decisão liminar da magistrada, segundo Petry, contraria linha de ações decisórias da própria juíza que, segundo ele, em decisão anterior, havia determinado a suspensão das operações dos ônibus da empresa Vaucher Transportes Ltda, que mantém o SIT funcionando.

*Leia matéria completa na edição impressa do Diário da Fronteira.

TERMINA AMANHÃ PRAZO PARA O ALISTAMENTO ELEITORAL

Amanhã, quatro de maio, é o último prazo dado pela Justiça Eleitoral para o alistamento eleitoral, primeiro título de eleitor, transferência de domicílio ou local de votação, inclusive para eleitores com deficiência ou mobilidade reduzida e também para a regularização de cadastro para quem quiser votar nas eleições deste ano. Para fazer o encaminhamento o interessado deve levar documento de identidade com foto, comprovante de residência, em caso de imóvel alugado, uma declaração do proprietário autenticada. Os maiores de 18 anos, do sexo masculino, a Justiça Eleitoral exige ainda a apresentação do alistamento militar. Após essa data, o cadastro nacional é fechado para o alistamento para a preparação da eleição. Os eleitores registrados em Uruguaiana e Barra do Quaraí devem comparecer ao Cartório Eleitoral no período das 10h às 17h, e não precisam passar pelo processo de revisão biométrica, ou seja, votarão com o título normal. Os eleitores passam apenas pelo sistema de cadastramento biométrico visando futuras eleições.

3 de maio, Dia Mundial da Liberdade de Imprensa


segunda-feira, 2 de maio de 2016

SCHNEIDER DIZ QUE NEGLICENCIOU NO PROCESSO QUE O CONDENA POR DESVIOS NO SUS

O prefeito de Uruguaiana se manifestou, no sábado, através da Rádio Lider FM 99.9, a respeito da condenação que sofreu da Justiça Federal, em ação movida pelo Ministério Pública Federal, que o condena por desvios de remédios do SUS (Sistema Único de Saúde), fato ocorrido quando Luiz Augusto Schneider era titular da Secretaria Municipal de Saúde, no período de 2009/2012. Além dele, outros dois funcionários do órgão foram condenados a ressarcir à União o valor de R$ 336,8 mil pago a uma empresa fornecedora de medicamentos, que não foram entregues. A decisão do juiz Adérito Martins Nogueira Júnior, da 2ª Vara Criminal de Uruguaiana, impõe ao prefeito indisponibilidade de bens e a suspensão dos direitos políticos pelo prazo de cinco anos.

Schneider admitiu ter ordenado despesas baseadas em informações não reais por funcionários, que segundo ele traíram a sua confiança, assim como a empresa que lesou o município e a União. O prefeito classificou como legítima a denúncia da Procuradoria da República, mas lamentou o envolvimento do nome dele no processo, que presume o seu envolvimento nos atos ilícitos. Ao analisar o conteúdo da condenação, Schneider admitiu que negligenciou ao não dar andamento no processo de defesa, alegando troca de advogados no caso na época em que foi notificado e quando um deles se retirou do processo. “Vou recorrer da decisão porque quem cometeu crime foram outras pessoas”, afirma com certa indignação, acrescentando que o desvio envolveu servidores e não ele o administrador da Secretaria de Saúde quando os fatos aconteceram. “Fui relapso no sentido da minha defesa, devido estar ocupado demais com minhas atribuições”, desabafou Schneider. Por fim, revelou que vai apelar e pedir a anulação da condenação feita em 1ª instância e que também se mostra indignado com a exploração política e eleitoral que está sendo dada a sentença preliminar. Concluindo disse que a exploração, sem citar nomes, tem o objetivo de denegrir a imagem dele frente à população de Uruguaiana.

ESCÂNDALO SEXUAL NA GUARDA MUNICIPAL COMEÇA A SER INVESTIGADO PELA PREFEITURA


O escândalo sexual do qual aos acusados agentes da Guarda Municipal de Uruguaiana (GMU) e da Ronda Ostensiva Municipal Urbana (Romu), denunciado pelo Diário da Fronteira, está sendo alvo de providências imediatas adotadas pelo Poder Executivo Municipal e pela Secretaria Municipal de Segurança e Trânsito (Setran). O titular da pasta, Clarindo Martins Barbosa afirmou sábado (30), que todas as providências cabíveis estão e serão tomadas para elucidar as denúncias. “O prefeito Schneider determinou imediata investigação porque tem total interesse de esclarecer a situação”, afirmou Barbosa. O secretário disse que a Corregedoria da Guarda Municipal começou a ouvir os agentes sexta-feira (29) quando cinco integrantes da GMU foram convocados a prestar depoimentos.

RISCO DE DEMISSÕES SUMÁRIAS - O secretário Clarindo Barbosa acredita que nos próximos dias o Poder Executivo terá condições de dar respostas à população ressaltando que as suspeitas não irão desviar a Guarda Municipal e a Romu de suas missões institucional e social. “Estamos intimando pessoas e vamos ouvir todos os possíveis envolvidos que pudessem ter participação ou sabem de alguma informação”, declarou Barbosa. Conforme o secretário, se as denúncias forem comprovadas, serão adotadas punições exemplares que incluem exonerações e o desligamento sumário de agentes. Como medida abrangente, Clarindo Barbosa afirmou que serão ouvidos todos os 120 agentes das instituições que prestam os serviços de segurança patrimonial e pública, integrantes do quadro de servidores públicos municipais.

DEFINIDA EMPRESA QUE IRÁ OPERAR LINHA ENTRE URUGUAIANA E CHAPADÃO

Depois de 20 dias sem definição por causa de contendas judiciais em que a Prefeitura Municipal ficou impossibilitada de intervir, finalmente foi definida a empresa que irá ficar responsável pela operação da linha de transporte coletivo que ligará Uruguaiana à localidade de Chapadão, na zona rural do município. O percurso de aproximadamente 90 quilômetros, segundo o empresário Jovelino Baldez, será realizado pela Empresa Brito Tur. “Esta empresa foi homologada pela Prefeitura Municipal para fazer o transporte através da BR-472 com acesso pela Vila do Açude”. “As operações começam neste domingo, às 16h quando sairemos aqui de Uruguaiana, posaremos lá e retornaremos na segunda-feira, às 6h”, afirmou Baldez no sábado, à reportagem do Diário da Fronteira.

VIAGEM “SALGADA”
Questionado pelo fato de o prefeito Luiz Augusto Schneider (PSDB), ter anunciado na manhã de sexta-feira (29) que a linha seria explorada pela Empresa Cedro Tur, Baldez esclareceu que a mesma pertence ao mesmo dono da empresa que fará as operações, em parceria com a Bama Tur, de propriedade dele. O percurso, no entanto, sairá “salgado” para os moradores do campo: o bilhete custará ao total R$ 39,00; metade de ida e metade na volta. Matéria completa na edição impressa.

AGERGS REALIZA AUDIÊNCIA PÚBLICA NESTA SEGUNDA-FEIRA EM URUGUAIANA

Nesta segunda-feira (2) e terça-feira (3), em Uruguaiana, a Agergs realizará audiências públicas sobre a prestação de serviços de saneamento no município. A finalidade dos encontros é ouvir as manifestações da população e de todas as partes envolvidas no processo de Revisão Tarifária Ordinária da empresa Odebrecht Ambiental Uruguaiana S.A. e no processo que trata do novo Regulamento dos Serviços de Água e Esgoto Sanitário do Município de Uruguaiana. O evento trata-se de um importante momento da instrução dos processos, pois oportuniza a manifestação de entidades representativas dos usuários dos serviços, empresas, órgãos públicos e de qualquer cidadão que tenha algo a argumentar e contribuir. As manifestações poderão ser feitas por escrito ou oralmente. Deverão estar presentes na audiência, os conselheiros João Nascimento da Silva e Eleonora Martins, além do Diretor de Tarifas da Agergs, Carlos Mussi, e representantes da Ouvidoria da Agergs. O evento será realizado na Câmara Municipal, a partir das 18h, nesta segunda-feira, e às 9h, amanhã.

sábado, 30 de abril de 2016

MUNICÍPIO REALIZA DIA D DE VACINAÇÃO CONTRA A GRIPE

Neste sábado (30) todas as Unidades Básicas de Saúde de Uruguaiana participam do Dia D. Na data, os locais de vacinação estarão abertos para fazer somente a vacina contra a gripe. A campanha iniciou no dia 25 de abril e encerra 20 de maio.
No município, as doses da imunização esgotaram na quarta-feira, pouco mais de dois dias depois do início da campanha. A Secretaria de Saúde havia recebido 16 mil vacinas do Ministério da Saúde, entretanto, a campanha começou com a procura bem acima do esperado. Nos primeiros dias, centenas de pessoas formaram longas filas nos postos de saúde. A secretária de Saúde, Saionara Marques, informou que no fim da tarde de quinta-feira (28) uma nova remessa de 7.600 unidades chegou ao município. As vacinas foram distribuídas entre as ESFs e os atendimentos voltaram ao normal a partir da manhã desta sexta-feira (29). Durante o dia, inclusive, o movimento nos postos foi tranquilo. Ao longo da vacinação, mais doses vão ser enviadas, até completar o total de 35.114 imunizações.

SURGEM DOIS NOVOS CASOS SUSPEITOS DE GRIPE H1N1 EM URUGUAIANA

Apesar dos constantes alertas das autoridades sanitárias e permanentes campanhas de conscientização e, mesmo em pleno, andamento da campanha de imunização contra a gripe influenza A (H1N1) em Uruguaiana, nesta sexta-feira, dois novos casos suspeitos foram confirmados: o primeiro no período da manhã, na Escola Municipal de Educação Infantil José Maria Argemi Filho. A diretora Fabiana de Moura Rubin confirmou à reportagem do Diário da Fronteira, o surgimento do caso suspeito em uma aluna.
VÁRIOS CASOS SUSPEITOS - Segundo a educadora, na tarde de ontem, os pais da menina foram à escola comunicar que a estudante irá faltar às aulas nos próximos dias. Também foi informado que a aluna está fazendo tratamento com Tamiflu e já na quinta-feira (28), foi feita a coleta do material que foi enviado ao Laboratório Central (Lacen), em Porto Alegre. O resultado deverá chegar nos próximos dias. Também, a informação da descoberta de outro caso suspeito em criança em uma clínica particular de Uruguaiana foi confirmado. A direção da clínica informou que o caso suspeito foi encaminhado à Santa Casa de Caridade, mas preferiu não dar mais detalhes a respeito do assunto.

PIANO É ARREMATADO PELO LANCE INICIAL DE R$ 500 MIL

 A reportagem do jornal Diário da Fronteira acompanhou na tarde ontem o leilão do piano Steinway & Sons, comprado pela administração municipal anterior e avaliado em torno de R$ 1,2 milhão. O piano finalmente foi arrematado. O dono do primeiro e único lance é de Curitiba (PR). Produtor musical, Dirceu José Saggin levou o instrumento por R$ 500 mil. Em um leilão anterior, realizado em janeiro, não houve nenhum interessado. O evento teve duração de menos de cinco minutos e teve a presença de cerca de 15 pessoas. O músico, novo proprietário do instrumento, conta que este foi o primeiro leilão que participou. O piano será utilizado para substituir um antigo em seu estúdio de gravações. “Eu gosto de fazer música, me divirto com isso. Vim conhecer uma cidade diferente e buscar um instrumento que é um sonho para qualquer pessoa que conhece música”, ressalta. O leiloeiro Marcos Vinicius Quadros disse à reportagem do Diário da Fronteira que nunca havia leiloado um objeto tão peculiar e, pela destinação do valor, decidiu realizar os eventos voluntariamente. “É beneficente, estou trabalhando e não há o pagamento de comissão. Senão, seria mais 10% sobre o valor da arrematação que a pessoa teria que pagar. Mas, decidi por isso principalmente pela causa”, explica.

MPF OBTÉM A CONDENAÇÃO DE SCHNEIDER E SERVIDORES DA PREFEITURA POR DESVIOS NO SUS

Valor de R$ 336,8 mil deverá ser ressarcido ao SUS

O Ministério Público Federal em Uruguaiana obteve na Justiça Federal local a condenação do antigo secretário de Saúde e atual prefeito de Uruguaiana, Luiz Augusto Fuhrmann Schneider, do ex-farmacêutico da Prefeitura, Elisandro Vogel e seu pai Roque Calisto Vogel, da empresa SULMEDI e seus representantes Dalci Filipetto e Joel Antônio Cadore, por desvios de remédios do SUS. Foi, por ora, absolvida Maristela Três Filipetto.
A Ação Civil por ato de Improbidade Administrativa de nº 5003420-19.2014.404.7103 foi ajuizada em razão da prática de atos de improbidade administrativa, os quais se centravam nos medicamentos adquiridos, via licitação, da empresa Sulmedi Comércio de Produtos Hospitalares Ltda, que deveriam ser entregues, todavia, não o foram ao SUS.
Trata-se de um desdobramento da denominada “Operação Saúde” de Erechim-RS que demonstrou o mesmo modo de atuar.
Elisandro Vogel atestava o recebimento de remédios que não eram enviados pela empresa Sulmedi, a mando de Dalci Filippeto. Joel Cadore então realizava encontros com o ex-secretário de Saúde e atual prefeito de Uruguaiana, juntamente com Elisandro, a fim de promover o recebimento de quantias em dinheiro para encobrir a fraude.
Elisandro e seu pai Roque, em troca disso tudo, receberam um apartamento em Uruguaiana e a reforma de uma casa em Santo Ângelo.
A decisão do juiz Adérito Martins Nogueira Júnior, da 2ª Vara Federal de Uruguaiana, impõem ao atual prefeito que era o secretário de Saúde à época dos fatos, bem como a todos os envolvidos, a obrigação de ressarcimento integral dos R$336,8 mil à União, pago à Sulmedi, em julho de 2010, sem que tenha havido a correspondente entrega dos medicamentos a que diziam respeito tal pagamento, bem como a indisponibilidade de todos os bens, direitos e ações, inclusive ativos financeiros, até o limite de tal valor, existente em nome do prefeito. Os direitos políticos pelo prazo de cinco anos também foram suspensos, além da imposição de multa civil em montante equivalente à metade do valor do dano a ser ressarcido. Também, foi decretada a perda do apartamento de Elisandro Vogel e que estava em nome de seu pai.
A suspensão dos direitos políticos dependem do trânsito em julgado para serem executados. (Fonte: Assessoria de Comunicação Social do Ministério Público Federal no Rio Grande do Sul)

SCHNEIDER

O Diário da Fronteira entrou em contato com o prefeito Luiz Augusto Schneider para se posicionar sobre a decisão da Justiça Federal, mas ele limitou-se a dizer de que não estava sabendo do fato, e que iria fazer consultas com os seus assessores e que após retornava a ligação. Como houve demora, a reportagem voltou a ligar para o celular do prefeito que se encontrava desligado momentos antes do fechamento da edição que circula neste final de semana.

sexta-feira, 29 de abril de 2016

CRUZAMENTO DE LINHA FÉRREA SE TRANSFORMA EM DEPÓSITO DE LIXO PRÓXIMO AO CENTRO

Uma calçada da Rua João Manoel, entre as ruas Andradas e Benjamin Constant, próxima ao centro de Uruguaiana, está se transformando em um depósito de lixo que é jogado por alguns moradores e pessoas do próprio local. Os moradores que ficam próximos da linha férrea são os que mais sofrem e reclamam do mau cheiro causado por animais mortos e lixo descartado irregularmente, no cruzamento da via férrea com a Rua João Manoel.

O comerciante Jeferson Parraga, que mora muito próximo do local, denuncia que algumas pessoas chegam em carroças e camionetas e jogam lixo em sacolas. Segundo ele, trata-se de lixo e animais domésticos. Parraga conta ainda que a situação torna-se ainda mais constrangedora quando há animais. “Durante a noite, sempre tem gente que joga bichos mortos no local”, denuncia a dona de casa Luiza Almeida, que reside nas proximidades. Ela acrescenta que, além do problema do lixo e os animais, é fácil de perceber que a vegetação está atrapalhando o caminho dos pedestres, pois não há calçada na área. Shirley Porciúncula, que mora no outro lado da rua, disse que há poucos meses um lixão foi formado no mesmo lugar, e que um vizinho teve de pagar uma carroça para limpar o trecho. “A situação está insustentável”, argumenta, mostrando o descarte de sofás, pedaços de guarda-roupas e de outros móveis. “A gente não aguenta mais essa situação”, desabafa.

CPERS ANUNCIA NOVO PROTESTO EM URUGUAIANA E PEDE APOIO AOS PAIS E À COMUNIDADE


O secretário estadual da Fazenda, Giovani Feltes confirmou ontem, que o valor de até R$ 2 mil será depositado em três parcelas nas contas – conforme as receitas forem sendo depositadas nos cofres estaduais

O 21º Núcleo do Centro dos Professores do Estado do Rio Grande do Sul (Cpers/Sindicato) faz forte apelo à comunidade e, principalmente, aos pais de alunos para que não abandonem a categoria na pior crise que o setor enfrenta nos últimos anos. Durante reunião dos conselheiros que representam as escolas da rede pública estadual em Uruguaiana, realizada na última terça-feira (26), o comando da entidade divulgou ontem as ações que marcarão a revolta da categoria, em que mais uma vez o governador Ivo Sartori efetua o pagamento dos salários de forma parcelada.

A MARCHA NAS RUAS

Conforme a presidente do núcleo da entidade em Uruguaiana, professora Zila Fidel, com o anúncio do pagamento fragmentado dos salários, nesta segunda-feira (2), a categoria marchará para o centro da cidade para se concentrar na “Esquina democrática” da Praça Barão do Rio Branco.

*Leia matéria completa na edição impressa.

CAMINHÃO SAI DA PISTA NA BR-472 E PROVOCA CONGESTIONAMENTO

A quebra da barra da direção está sendo apontada como a causa do acidente, envolvendo um caminhão graneleiro Mercedes Benz, branco, placas ISE 0023, na tarde dessa quinta-feira (28), no quilômetro 549 da BR-472. Conforme testemunhas, o caminhão caçamba/graneleira, que estava vazio, seguia no sentido Uruguaiana-Barra do Quaraí, quando motorista, que não teve o nome revelado, perdeu o controle do veículo e acabou caindo sobre a vegetação do acostamento da rodovia. Ele não sofreu ferimentos. A parte frontal do caminhão ficou afetada pelo impacto com a vegetação e o solo. Funcionários de uma empreiteira que estavam fazendo uma operação tapa-buracos na rodovia ajudaram a controlar o trânsito na área que ficou interrompido por cerca de uma hora e meia nos dois sentidos. Dois caminhões-guincho foram enviados até o local, onde se formaram longas filas. O trânsito só foi liberado depois que o caminhão foi retirado do local por volta das 16h.

POE CAPTURA “CABELUDO” QUE ESTAVA FORAGIDO DA JUSTIÇA

Integrantes do Pelotão de Operações Especiais (POE), da Brigada Militar, abordaram na tarde de quarta-feira (27), no bairro Salvador Faraco, L.S.F., conhecido como “Cabeludo”. Segundo informações da BM, “Cabeludo” estava na condição de foragido da justiça. Ele ainda estaria portando um revólver calibre 38 na cintura. O indivíduo foi encaminhado à Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA), onde foi lavrado o flagrante por porte ilegal de arma de fogo. Posteriormente, foi levado ao sistema prisional.

DEPUTADO FREDERICO ANTUNES DESTACA O JORNAL DIÁRIO DA FRONTEIRA NA TRIBUNA DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA

O líder da bancada progressista Frederico Antunes, foi à tribuna do Plenário nesta quinta-feira (28) para falar sobre as sucessivas tragédias que os cidadãos da fronteira têm vivido. E como fonte da informação, o deputado mostrou a capa desta quinta-feira (28) do jornal Diário da Fronteira.
“O jornal de maior circulação em Uruguaiana e um dos maiores da fronteira oeste, traz na sua manchete principal o seguinte título: “Perdas no campo podem levar prefeitura a decretar estado de calamidade”. E se nós pegarmos as outras manchetes do jornal, dos últimos seis meses, teremos várias notícias sobre as ocorrências de revezes climáticos e as consequentes perdas nas safras de grãos. No ano passado desde que começaram os fenômenos de chuva, ventos e temporais, começamos a sentir os efeitos negativos na base da economia e na perda de receita. Além das perdas na infraestrutura, moradias, na perspectiva de manutenção da renda e as perdas de vidas humanas que foram atingidas pelas águas”, disse.
O deputado explicou ainda, que por conta deste cenário muito preocupante, ele propôs na Comissão de Finanças, da Assembleia Legislativa, um amplo debate para que Estado apresente aos cidadãos da fronteira as formas de dar condições de recuperação. O secretário de Desenvolvimento Fábio Branco, já confirmou presença na audiência pública que será realizada, no dia 13 de maio, às 9h, na Câmara de Vereadores de Uruguaiana. Frederico salientou ainda que serão convidados os representantes dos bancos públicos do Estado, tais como Banrisul, Badesul e BRDE.
“A sociedade da fronteira não espera manifestação de solidariedade através do perdão das dívidas. Sabemos que isto não é possível. Porém, as pessoas precisam ter a atenção dos segmentos organizados que geram empregos e dão capacidade de continuidade de trabalho e renda. Se conseguirmos fazer com que os bancos estejam comprometidos na busca por soluções, já teremos cumprido o nosso papel” concluiu o deputado.

quinta-feira, 28 de abril de 2016

EM FALTA: POSTO DE SAÚDE CENTRAL NÃO TEM MAIS DOSES DA VACINA CONTRA A GRIPE



A campanha de vacinação contra a gripe iniciou na segunda-feira (25) e em pouco mais de dois dias, as doses do posto de saúde central se esgotaram. Quem foi até o local à procura de imunizações encontrou duas das três salas de vacina fechadas. Os atendimentos estão acontecendo somente para pessoas que precisam de outros tipos de vacina.



Leia mais > https://www.facebook.com/jornaldiariodafronteira

PRESIDIÁRIO TETRAPLÉGICO PODE RECEBER INDULTO HUMANITÁRIO

O presidiário Moacir de Abreu Moraes (34) pode se tornar o primeiro detento da Penitenciária Modulada de Uruguaiana, construída na década de 90, a receber o benefício denominado Indulto Humanitário. Moraes, acusado de um homicídio em 2004, ficou tetraplégico depois que levou um tiro que afetou a coluna dele. Ele estava em prisão domiciliar, mas foi pego em via pública pela polícia e acabou levado para a penitenciária por descumprir medida judicial, onde está recolhido há cerca de 30 dias.

Leia a notícia completa na página do facebook do Diário da Fronteira 

https://www.facebook.com/jornaldiariodafronteira


MOTIM NO PRESÍDIO DE PASSO FUNDO MOTIVA TRANSFERÊNCIA DE PRESOS PARA URUGUAIANA

Sobe para 605 o número de presidiários recolhidos. Foto: Ilustração/DF
A reportagem do jornal Diário da Fronteira apurou que já estão na Penitenciária Modulada de Uruguaiana 10 homens dos 33 que fizeram um motim no presídio regional de Passo Fundo, no Norte do Rio Grande do Sul, na manhã dessa terça-feira (26). Com isso sobe para 605 o número de presidiários recolhidos no maior complexo prisional da Fronteira Oeste construído para abrigar 400 detentos.
A vinda dos presos para Uruguaiana foi negociada entre os juízes das Varas de Execuções Criminais das duas cidades. Conforme o diretor da Penitenciária Modulada, Sandro Borlina, os presidiários ficarão na instituição por tempo determinado que pode oscilar entre 60 a 90 dias. Segundo a 4ª Região Penitenciária, com sede em Passo Fundo, os homens feriram um agente penitenciário, sem gravidade, durante a contenção do motim no início da manhã de terça-feira. Na ocasião, era feita a conferência dos detentos das galerias A e C. Borlina revê que essa a medida é uma forma de penalizar o presidiário que não tem bom comportamento dentro da cadeia.


HOMEM ACUSADO DE FURTO É PRESO PELA BRIGADA MILITAR

“Careca” foi preso no bairro São Miguel


Uma guarnição do Pelotão de Operações Especiais (POE), da Brigada Militar, prendeu em flagrante na madrugada dessa quarta-feira (27), G.M.C., vulgo “Careca”. Conforme os policiais militares, “Careca” foi flagrado furtando eletrodomésticos de uma residência, localizada no bairro São Miguel. O acusado foi encaminhado ao plantão da Delegacia de Pronto Atendimento da Polícia, onde o delegado plantonista lavrou o flagrante de furto qualificado. “Careca” foi removido para a Penitenciária Modulada de Uruguaiana, onde ficará a disposição da Justiça.

AÇÃO CONTRA O TRÁFICO DE DROGAS PRENDE HOMEM NO PRADO DAS BICICLETAS

O acusado José Maria foi preso em flagrante com crack e dinheiro


Na edição impressa do Diário da Fronteira você encontra a notícia sobre os policiais da equipe da Defrec que realizaram, na noite de terça-feira (26), mais uma ação contra o tráfico de drogas nos bairros de Uruguaiana. No local, conhecido como “Prado das Bicicletas”, bairro São João, foi preso em flagrante o acusado José Maria Xavier Machado (23). Com ele, os policiais civis teriam apreendido porções de crack e dinheiro, que a polícia suspeita que seja oriundo da venda de drogas. José Maria Xavier Machado foi recolhido ainda durante a noite de terça-feira para a Penitenciária Modulada de Uruguaiana.

quarta-feira, 27 de abril de 2016

MINISTRO DA SAÚDE VAI PEDIR DEMISSÃO

Até o final do dia, o ministro da Saúde, Marcelo Castro, deve entregar a carta de demissão para a presidenta Dilma Rousseff. A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa do ministério, antes da coletiva de lançamento da campanha de vacinação contra a gripe. Zika e microcefalia foram problemas de saúde pública de maior destaque durante a atuação de Castro no ministério.
Marcelo Castro é deputado federal pelo PMDB, partido do vice-presidente Michel Temer, cuja legenda que rompeu com o governo federal. Após o rompimento do partido com o governo, os únicos peemedebistas que permaneceram no comando de ministérios eram Castro e Kátia Abreu, ministra da Agricultura.
Os peemedebistas Henrique Eduardo Alves e Mauro Lopes já haviam deixado o Ministério do Turismo e a Secretaria de Aviação Civil, respectivamente. Celso Pansera, que é deputado federal, deixou o comando do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação para votar no processo de impeachment de Dilma na Câmara, e não retornou ao ministério.
Helder Barbalho, que comandava a Secretaria de Portos, e Eduardo Braga, o Ministério de Minas e Energia, deixaram os cargos por se sentirem desconfortáveis com a situação do PMDB após a abertura do processo de impeachment de Dilma, com amplo apoio do partido na Câmara. Os dois, no entanto, haviam sinalizado que apoiariam a presidenta na tarefa de tentar barrar o processo no Senado. Braga e o pai de Helder, Jader Barbalho, têm mandato de senadores.
O secretário executivo, Agenor Álvares, que foi ministro da Saúde em 2006, deve ficar interinamente no comando ministério.

FALTA DE TRANSPORTE DEIXA MORADORES DO PLANO ALTO ISOLADOS DA CIDADE HÁ VÁRIOS DIAS

Transporte coletivo para a localidade de Plano Alto está suspenso no aguardo de autorização da Prefeitura Municipal

Os moradores da região de Plano Alto, na zona rural de Uruguaiana, reclamam que estão pelo menos há duas semanas sem transporte coletivo entre a localidade e o centro da cidade. A direção da empresa de transporte que venceu a licitação para explorar o trecho de cerca de 90 quilômetros, 60 quilômetros de asfalto pela BR-290 e o restante de chão batido por estradas rurais do município, afirma que já completaram 20 dias de espera pela autorização. “Nossos documentos e demais exigências estão em dia, mas até hoje (ontem), não recebemos a ordem de serviço para começar a operar”, informa representante da empresa. A empresa já colocou um ônibus com 50 lugares à disposição do serviço que já deveria estar funcionando da seguinte maneira: o coletivo sairia diariamente às 6h de Plano Alto, passaria por outras localidades e transportaria os moradores rurais para a cidade, de onde retornaria com os mesmos passageiros ao final do dia, às 18h.
Sem a ordem de serviço, as operações estão suspensas. O custo desse transporte para o usuário seria, segundo a direção da empresa, considerando a ligação entre a cidade e Plano Alto, de R$ 40, ida e volta e para localidades mais próximas, de acordo com tabela ainda não divulgada, os valores devem ser reduzidos proporcionalmente à distância. Confira matéria completa na edição impressa do jornal Diário da Fronteira.

LIMINAR OBTIDA PELA PREFEITURA ESTARIA INVIABILIZANDO PROJETOS NO ESPORTE CLUBE FERRO CARRIL

Parte do muro do estádio está caída e apresenta um buraco. 
O Esporte Clube Ferro Carril, que no último dia 1º de março completou 100 anos de existência, enfrenta dificuldades para levar adiante projetos esportivos, inclusive de projeção estadual. A causa é uma liminar que transferiu a administração do clube para a Prefeitura Municipal. Essa afirmação foi feita por fonte ligada à direção da agremiação tendo em vista que o presidente Adair Machado não foi encontrado para falar sobre o assunto. Fotos enviadas à Redação do Diário da Fronteira revelam situação preocupante no clube que apresenta parte do muro caída e o mato crescendo no entorno do gramado.
ESPERANÇA NA JUSTIÇA - Conforme a mesma fonte, o comando do Ferro Carril nada pode fazer em favor do clube enquanto perdurar a liminar em favor da prefeitura. “Vamos ter de esperar o próximo governo ou que a Justiça nos dê parecer favorável ao pedido de reintegração de posse que impetramos”, afirma o dirigente. Segundo ele, a situação se torna mais revoltante porque os diretores do clube não dispõem nem de sala dentro das dependências do Ferro Carril. “A Liga Amadora Uruguaianense, a Liga da Primavera, a Liga dos Quarentões e a Liga dos Cinquentões; todos seus representantes têm sala no clube, menos o Ferro Carril”, denuncia a fonte. Leia a matéria completa na edição impressa.

URUGUAIANENSE PARTICIPA DE EVENTO COMO INTEGRANTE DE COMISSÃO TÉCNICA E ÁRBITRO DE KARATE

No último final de semana, em Indaiatuba – São Paulo, foi realizado o Campeonato Sul Sudeste de Karate Interestilos. O evento, organizado pela Federação Paulista de Karate Interestilos, contou com a presença de atletas do Rio Grande do Sul, Santa Catariana, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais. No total, participaram 350 pessoas, entre árbitros, judocas e dirigentes. O Rio Grande do Sul foi representado por quatro atletas, de Rio Grande, e um dirigente de Uruguaiana, o Sensei Julio Barbosa, que participou da comissão técnica e como árbitro. Os gaúchos conquistaram duas medalhas, sendo uma de prata e outra de bronze. Agora, o Sensei Julio Barbosa se prepara para participar como atleta na categoria Máster no Campeonato Brasileiro, que ocorrerá em São Paulo, no mês de setembro.

A BUSCA POR TRATAMENTO: FAMÍLIA DE MÚSICOS SE APRESENTA NA PRAÇA PARA VENCER DOENÇA


Na edição desta quarta-feira, do Diário da Fronteira, você encontra os relatos de uma família que busca o tratamento para vencer a doença lúpus. Leia trechos da matéria:

Uma família de músicos que veio de Florianópolis (SC) tem chamado a atenção de muitas pessoas que costumam passar pela Praça Barão do Rio Branco, no centro da cidade. Diariamente, Maria Fernanda Moreira, o esposo Cléber Moreira e o amigo Rodrigo de Brito estão no local se apresentando com pequenos shows acústicos e vendendo CDs da banda, chamada Parada Feita. Sempre com eles também está o filho do casal, João Pedro Moreira, de três anos.
O que muitos não sabem é a história de superação que se passa por trás da mudança de cidade: o valor arrecadado com a música pretende ser utilizado para uma viagem a Buenos Aires, onde existem estudos e um tratamento alternativo para lúpus, doença que Maria Fernanda enfrenta há 15 anos.
A banda vendeu tudo o que tinha no início de março para buscar uma alternativa na Argentina, que pudesse oferecer um tratamento mais completo e amenizar as crises que a doença causa em Maria Fernanda. A ideia era apenas passar pela fronteira, mas imprevistos como a documentação necessária para sair do país e um acidente de carro acabaram atrasando os planos dos músicos.
*Matéria completa na edição impressa.

POLÍCIA CIVIL PRENDE HOMEM ACUSADO DE VENDER DROGAS NA VILA BETÂNIA

Na edição do Diário da Fronteira desta quarta-feira, você encontra a notícia sobre um mandado de busca e apreensão sob o comando do delegado Adriano Linhares, titular da Defrec, onde agentes do órgão realizaram na noite de segunda-feira (26), uma ação de repressão ao tráfico de drogas em Uruguaiana. Na Vila Betânia, imediações do Porto Seco, os policiais civis prenderam em flagrante João Batista Medina Cardoso acusado de vender drogas naquela área da cidade. Com ele, segundo Adriano Linhares, os agentes da Defrec teriam apreendido porções de crack e maconha que estavam acondicionadas e prontas para a comercialização, além de uma certa quantia em dinheiro. João Batista foi recolhido a Penitenciária Modulada de Uruguaiana. O Delegado alerta que denúncias neste sentido podem ser realizadas através dos telefones 3413-5049 e 3413-1951.

POSTE DE LUZ CAI SOBRE PÁTIO DE RESIDÊNCIA E GERA TENSÃO ENTRE OS MORADORES


Na tarde de ontem os moradores da Rua Antônio Monteiro, entre as ruas Marechal Floriano e Marechal Deodoro, bairro Nova Esperança, entraram em contato com a redação do jornal Diário da Fronteira para relatar os momentos de pânico que viveram na manhã dessa terça-feira (26), quando um poste de madeira caiu sobre a cerca de arame e tela de uma casa de esquina. Conforme os moradores da área há muito tempo a troca vinha sendo solicitada para a empresa concessionária de energia. Toda área ficou sem luz e telefones, durante o dia. O poste de madeira quebrou junto à base e caiu por sobre a cerca da casa de número 1670, derrubando outro poste onde estava instalado o medidor de energia da moradia. Com a queda os cabos de energia ficaram estendidos sob a cerca e algumas árvores das proximidades. Isso gerou tensão entre os moradores que, imediatamente, ligaram para a empresa AES Sul pedindo providências. Até perto do meio-dia, eles não sabiam se a rede continuava energizada e, por causa disso, colocaram fitas sinalizadoras sobre as calçadas para evitar que alguém tomasse um choque elétrico.

Sistemas da Receita receberam mais de 19 milhões de declarações do IRPF 2016

Prazo de entrega termina em 29 de abril e são esperadas 28,5 milhões de declarações

Até as 11 horas de hoje (27), 19.563.021 de declarações foram recebidas pela Receita Federal. O prazo de entrega termina em 29 de abril e são esperadas 28,5 milhões de declarações. No Rio Grande do Sul, até as 11 horas de hoje (27/4), já foram entregues 1.441.131 declarações. A Receita alerta para o risco das pessoas deixarem para enviar a declaração nos últimos dias, pois os contribuintes que perderem o prazo estarão sujeitos ao pagamento de multa mínima de R$ 165,74 e máxima de 20% do imposto devido.

O blog do Diário da Fronteira está de volta!

O blog do jornal Diário da Fronteira foi reativado e a partir de hoje você pode acompanhar através desta página os últimos acontecimentos da cidade, região, estado e país! Seja nosso membro e passe a seguir participando e interagindo com a redação do Diário da Fronteira. Sua participação é muito importante para nós!

quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

Cerca de 16 mil ingressos já foram vendidos para o carnaval deste ano

A quarta-feira (10) foi de trabalho intenso para os funcionários da empresa paulista responsável pela montagem dos camarotes e arquibancadas que serão ocupados por cerca de 20 mil pessoas que irão assistir aos desfiles das 13 escolas de samba protagonistas do Carnaval Fora de Época de Uruguaiana, que será realizado no período de 20 a 22 de março. A estrutura pertence à Sur-Loc, que venceu a licitação e que deverá receber pela montagem R$ 881.400,00. Com a venda dos camarotes e lugares nas arquibancadas que ainda restam, em torno de quatro mil, a Comissão de Carnaval estima arrecadar cerca de R$ 2,55 milhões. O diretor-técnico da comissão, Carlos do Canto disse que para este ano a entidade preparou uma nova logística de montagem da passarela do samba de 678 metros de extensão na Avenida Presidente Vargas. Segundo ele, para não prejudicar o grande número de lojas localizadas no trajeto, a instalação dos módulos iniciou pelo lado sul, ou seja, frontal aos prédios do Mercado Público, Secretaria da Saúde, Praça Argentina, Rodoviária e Parque Dom Pedro II. A partir do dia 5 de março, os trabalhos serão iniciados pelo lado norte, sentido bairro-centro. O dirigente também confirmou que todas as pessoas que estiveram na avenida durante o período de carnaval, isto é, aquelas que compraram ingressos e que estarão trabalhando, serão beneficiadas por um seguro médico hospitalar em valores que oscilam de R$ 1.500 até R$ 10 mil.

Atendimento em agências bancárias é novamente tratado pelo Parlamento

A consolidação das leis que regulamentam o atendimento de instituições financeiras será proposta em projeto de autoria do vereador Marcelo Lemos. “Buscamos unificar as leis existentes e torná-las simples para cumprimento dos direitos dos cidadãos”, declarou o parlamentar. Entre os dispositivos que versam o projeto está o tempo de espera nas filas de agências bancárias, a acessibilidade, a estrutura sanitária, a distribuição de senhas e as sanções previstos para quando descumprida a Lei. Na oportunidade, foram citadas as ações da Comissão de Direitos Humanos, Acessibilidade e Defesa do Consumidor da Câmara em 2013 na cobrança pela eficiência da prestação de serviços e a recente fiscalização realizada pelo município nas agências. O vereador destacou a importância da participação da comunidade na construção da matéria e colocou o gabinete à disposição para esclarecimentos e sugestões dos uruguaianenses sobre o assunto.  O projeto foi apresentado na reunião da Comissão Representativa da Câmara que aconteceu nesta quarta-feira (19), e aguardará a abertura do período legislativo para ser encaminhado às Comissões Técnicas e apreciado em plenário.

Multas para estrangeiros: sistema único de infrações pode ser a solução

Os motoristas estrangeiros que cometem alguma infração de trânsito durante sua passagem pelo Brasil devem quitar suas multas antes de deixar o país, ao passar pela Polícia Rodoviária Federal (PRF). O Código de Trânsito Brasileiro (CTB) determina que os condutores de fora do país paguem seus débitos antes de cruzar a fronteira. Entretanto, se a notificação não for entregue até o fim da estadia, ou o visitante não parar na PRF, acaba indo embora sem quitar o valor. De acordo com registros do Detran/SC, as principais infrações registradas para veículos estrangeiros são excesso de velocidade, estacionamento em local proibido e falta de cinto de segurança. A Coordenadora de Convênios de Trânsito do Registro Nacional de Infrações do Detran/SC, Graziela Blanco, afirma que o órgão tem ampliado a fiscalização, através da instalação de radares e da realização de blitze, para diminuir a inadimplência por estrangeiros. “Para que haja eficácia na fiscalização ela deve acontecer tanto na entrada quanto na saída do país. Realizamos blitze semanais nas vias e rodovias do Estado para orientar os estrangeiros sobre como proceder no trânsito e o que fazer no caso de multa”, conta. Outro instrumento utilizado em Santa Catarina é uma ferramenta, desenvolvida pelo Centro de Informática e Automação do Estado (CIASC) e o Detran, que permite o registro das infrações de veículos estrangeiros, com fácil consulta para os usuários e a possibilidade de quitação dos débitos existentes. A maior dificuldade segundo o advogado especialista em direito administrativo de trânsito da Perkons, Vanderlei Santos, está na falta de controle efetivo dos veículos que ingressam no país, que deveriam ser registrados em uma base de dados única. “Isso permitiria que eventuais infrações fossem associadas a este veículo e que na saída do país fossem consultadas essas informações, permitindo cobrar os valores relativos às multas por desrespeito às regras de trânsito”, explica. Vanderlei destaca que no Rio Grande do Sul as multas por infrações de trânsito cometidas, no último ano, por estrangeiros e não pagas superam os R$ 20 milhões, havendo uma inadimplência de 96%. No Paraná seriam mais de R$ 10 milhões. Já em Santa Catarina das 5.941 multas registradas para estrangeiros em 2013, somente 184 foram pagas, inadimplência também de 96%. O fato de muitos carros de estrangeiros não serem parados ao passarem pela fronteira contribui para esse quadro. Vanderlei frisa que a PRF tem dificuldade de abordar todos os veículos na saída, pois a fiscalização é feita por amostragem. “Esse problema poderia ser resolvido com leitores automáticos de placas (OCR) que informariam os veículos com infrações imediatamente, permitindo parar apenas aqueles com pendências. Mas é preciso haver uma base nacional de dados para inserir as informações dos veículos estrangeiros que ingressarem por qualquer fronteira, que as autoridades de trânsito registrem as infrações cometidas nessa base e, por fim, que um sistema permita a consulta rápida e eficiente aos dados”, analisa. Em alguns países, existe a exigência de registro de todos os veículos que entram no seu território e a consulta na fronteira, quando os mesmos estão saindo. Existindo débitos, a saída é proibida temporariamente, para que as multas sejam quitadas.

quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

São Marcos prepara carnaval comunitário de som Automotivo

A comunidade da zona rural do município se mobilizou para garantir a festa de Momo para as comunidades do 5º Distrito e arredores que se deslocam de todas as localidades, inclusive da cidade de Uruguaiana, a fim de divertirem em um carnaval atípico, cercado de sombra, verde e balneários. Conforme informações da Assessoria
de Imprensa da Comissão de Carnaval de Uruguaiana, o tradicional desfile de rua de Barragem Sanchuri foi cancelado neste ano por falta de estrutura e segurança. Foi mantido somente o carnaval de salão no Clube União da Barragem. Conforme o subprefeito de São Marcos Carlos Cadore em Barragem Sanchuri será realizado carnaval no denominado Acampamento Tordilho Negro, em frente ao restaurante daquela localidade. Cadore, afirmou ontem que, na verdade, o carnaval que antes era realizado em Barragem Sanchuri acontece em São marcos, como já ocorreu em 2013. “Organizamos comissão de moradores e temos o apoio da Prefeitura de Uruguaiana estando, inclusive,
quase tudo pronto para a festa”, salientou Cadore.

Termelétrica volta a operar em março

A retomada de operação da Usina Termelétrica de Uruguaiana foi autorizada pelo Governo Federal. A informação foi divulgada, nesta terça-feira ( 18), pelo secretário-executivo do Ministério de Minas e Energia, Márcio Zimmermann. Por dois meses, entre março e abril, a usina fornecerá 250 megawatts (MW) ao sistema elétrico
e, com isso, auxiliará na economia dos reservatórios de hidrelétricas do país. De acordo com Márcio, o Comitê de Monitoramente do Setor Elétrico (CMSE) autorizou essa operação, que ocorrerá a partir da queima de Gás Natural Liquefeito (GNL). Cabe ressaltar que, no ano passado, foi usado GNL importado, sendo que este fora transportado de navio até a Argentina de onde partiu em dutos até a Usina de Uruguaiana.

Proposta de mudança na Lei do Motorista não agrada categoria

O projeto de mudança da Lei dos Motoristas, aprovada na semana passada por uma comissão especial da Câmara dos Deputados, está causando polêmica e não agradou ao
presidente do Sindicato dos Motoristas (Sindimercosul) Jorge Frizzo. O dirigente da entidade, disse que a principal alteração do projeto é a permissão para guiar durante seis horas consecutivas e que pela legislação vigente, o condutor precisa fazer uma parada de pelo menos meia hora a cada quatro na direção. Segundo
ele, a mudança na lei só atende aos interesses de algumas categorias, citando ainda a bancada integrada por políticos e agricultores. Frizzo considera a proposta muito
ruim para a categoria, porque a classifica como um retrocesso da Lei 12.619 vigor, e que se aprovada causará transtornos para os profissionais que
trabalham pelo regime celetista. O dirigente sindical destaca que a mudança seria um mecanismo para legitimar o atual sistema. A proposta é ruim, se aprovada, teremos
uma situação pior do que a ausência da lei, comentou. Por outro lado, o coordenador nacional do Programa Jornada Legal, procurador do Ministério
Público do Trabalho (MPT), Paulo Douglas Almeida de Moraes entende que quando se dirige por mais de 16 horas, o motorista, inegavelmente, precisa lançar mão
de drogas para se manter acordado. Diante disso, todo o mundo corre risco declara.

Prefeito recebe Presidente da Câmara

O presidente da Câmara Municipal de Uruguaiana, vereador Ronnie Mello, em reunião com o prefeito, Luiz Augusto Schneider, pleiteou a doação de área destinada à Casa de Apoio ao Paciente Oncológico (CAPO) por solicitação do vereador Irani Fernandes. Na tarde de segunda-feira (17), acompanhados dos envolvidos na causa,
Margareth Bortolotto e médico José Adir Müller, presidente e prefeito estudaram as possibilidades de atender o pedido. O Poder Executivo colocou
à disposição área próxima ao antigo Lângaro Bordignon para facilitar o trânsito entre CAPO e Hospital Santa Casa de Caridade. A demanda da CAPO tem crescido,
atendendo inúmeros pacientes de municípios vizinhos que buscam o tratamento oncológico em Uruguaiana. A entidade considerada de utilidade pública do município buscará recursos disponibilizados pelo Sistema Único de Saúde para instituições que realizam este trabalho com apoio do Poder Executivo para o cadastramento do projeto.

sábado, 15 de fevereiro de 2014

Queda de postes de energia surpreende moradores em Uruguaiana

Os moradores da Rua Monte Caseros, próxima do centro de Uruguaiana, foram surpreendidos na manhã desta sexta-feira (14), com a queda de três postes de madeira, sendo que outros três ficaram inclinados por causa do peso dos cabos de transmissão de energia elétrica. Devido ao acidente, cerca de 260 clientes, incluindo casas e edifícios, ficaram sem energia elétrica desde as 6h da manhã de ontem e muitos ficaram impedidos de sair de carro de suas garagens porque a rua ficou intransitável. A AES Sul informou que está apurando as causas das quedas dos postes. O vigilante Édison Goulart Silva, que trabalha no local, contou que há poucos dias a empresa fornecedora de energia havia trocado os fusíveis do transformador da área, e que mesmo assim, os moradores das ruas Monte Caseros, General Vitorino e 13 de Maio, ficaram sem luz no final noite de quinta-feira. Segundo ele, por volta das 3h da madrugada desta sexta-feira, a queda de um poste com o transformador provocou a inclinação de mais outros três, o que causou a interrupção do tráfego na Rua Monte Caseros. Édison disse também que a base dos postes mostravam que eles estavam comprometidos. Os bombeiros foram chamados ao local, enquanto moradores acionavam o plantão de AES Sul. A empresa ainda não sabe o que provocou a queda dos postes feitos de madeira de eucalipto, mesmo assim, ainda ontem eletricistas trabalharam o dia todo para instalar postes de concreto. O coordenador operacional da empresa Leandro Cunha, informou que os técnicos haviam feito um levantamento das condições dos postes de madeira, e que havia uma previsão para substituí-los a partir do início de março, o que vai acontecer a partir deste fim de semana. Leandro Cunha tranqüiliza a comunidade afirmando que quando cai um poste com transformador, a rede se desliga automaticamente devido ao sistema de proteção da rede denominado chave-fusível. Ele garante que a empresa está sempre vistoriando a rede onde existem postes de madeira, e que cerca de mil unidades são trocadas anualmente em Uruguaiana. Por causa da vida útil dos postes, ele pede à população que sempre que notar algum problema neste sentido, ela deve utilizar o call center 0800-707-7272 ou enviar torpedo para o número 28-410 digitando somente o código do cliente que a mensagem será protocolada.

Blitz da Semic e Procon autua agências bancárias

A Secretaria Municipal de Indústria, Comércio, Trabalho e Emprego (Semic), mantém fiscalização rigorosa desde o início do ano, visando detectar irregularidades no atendimento e na prestação de serviços oferecidos pelo sistema bancário em Uruguaiana. As blitz têm a participação de integrantes do serviço de Proteção ao Consumidor (Procon). O titular da Semic, Jorge Prestes Lopes, esclarece que as patrulhas, inicialmente, têm finalidade “pedagógica”, informando sobre as exigências previstas pela legislação que garantem o bom atendimento do público usuário e prestação satisfatória de serviços. Entretanto, não foi essa a situação constatada. “A ideia é de que o trabalho de fiscalização no município seja pedagógico e nessa fase, no primeiro momento, foram identificadas irregularidades, infringindo a legislação vigente e, neste caso, foram feitas notificações buscando as adequações das agências à lei”, salienta Lopes. Após a fase informativa, foram constatadas anormalidades e o prazo para serem normalizadas foi dilatado. “Depois desse prazo, no último dia 10, dois estabelecimentos bancários ainda incorriam em irregularidades e, por causa disso, foram autuados tendo sido seus representantes orientados a fazerem as correções de forma imediata”, informa o secretário. Lopes salienta ainda que a lei prevê, entre outras obrigações das agências, a disponibilidade do número adequado de cadeiras de espera, sanitários, garantia de atendimento preferencial e o atendimento dos usuários em geral no período máximo de 20 minutos em dias normais e de 30 minutos em vésperas de feriados e início de mês.

Empresa paulista vence licitação e inicia na próxima semana montagem da avenida

A Comissão de Carnaval de Uruguaiana confirmou para o início da próxima semana, a montagem na Avenida Presidente Vargas, das arquibancadas, camarotes e palanque oficial que deverão abrigar cerca de 20 mil pessoas/dia para os desfiles das escolas de samba da cidade.
A empresa Sur-Loc do Brasil, com sede em Aruja, interior de São Paulo, venceu o processo licitatório para a montagem da estrutura do carnaval 2014. Segundo informações da Prefeitura de Uruguaiana, o valor da proposta foi de R$ 881, 500,00 e que prevê ainda a exclusão dos servidores municipais na montagem e desmontagem das arquibancadas.

10ª CRE realiza abertura do ano letivo nesta segunda-feira

A 10ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE) realiza, na próxima semana, a abertura oficial do ano letivo. Na segunda-feira (17) e terça-feira (18), acontecem as reuniões com as equipes diretivas e professores que atuam na educação básica nas escolas.
Na segunda-feira, a formação será para os docentes do Ensino Médio e diretores dos educandários de Alegrete e Manoel Viana. O evento ocorre no Centro Cultura de Alegrete, a partir das 14h. Para os professores do Ensino Médio e diretores das escolas de Uruguaiana, Barra do Quarai e Itaqui, o encontro será na terça-feira, a partir das 14h, no Grêmio Recreativo Tiradentes.
Já para os professores que atuam no Ensino Fundamental a abertura do ano letivo será nos dias 20 e 21 deste mês. A programação já foi enviada para cada educandário com a distribuição dos grupos de trabalho. As aulas iniciam no dia 24, nos turnos normais de funcionamento de cada instituição de ensino.

sexta-feira, 14 de fevereiro de 2014

Campanha pela autodeclaração de raça e cor no SUS é lançada em Uruguaiana


Com o slogan “Declare seu amor a sua mãe, avó, avô pai, ancestralidade. Declare sua Raça/Cor” foi lançada oficialmente, nesta quinta-feira (13), em Uruguaiana, a campanha pela autodeclaração da raça e cor no Sistema Único de Saúde (SUS). O evento aconteceu no salão nobre da Prefeitura Municipal e reuniu autoridades locais e estaduais, entre elas, a coordenadora estadual de Atenção Integral da Saúde da População Negra, Miriam Alves. A ação é promovida pelo Governo do Estado e apoiada pela Prefeitura Municipal e Movimento Negro de Uruguaiana. Durante o lançamento, Miriam ressaltou que o objetivo do movimento é qualificar a notificação do quesito raça/cor nos documentos e bancos de dados do SUS. Segundo ela, isso contribuirá para o processo de implementação da Política de Saúde da População Negra no Estado, além de conscientizar a sociedade gaúcha sobre a importância da autodeclaração no referido sistema.

Começa a Investigação sobre os casos de fetos natimortos na Santa Casa

Na última segunda-feira, a equipe de fiscalização sanitária da Secretaria Municipal de Saúde de Uruguaiana, esteve na Santa Casa de Caridade a fim de dar início às investigações que visam apurar em que condições ocorreram os partos de seis mães que resultaram em bebês natimortos. Conforme a secretária municipal de Saúde Saionara Marques dos Santos, tecnicamente não ocorreu a morte de seis crianças porque se trata, na verdade, de fetos mortos, o que é diferente. No entanto, por determinação do Governo do Estado, 100% dos casos de bebês natimortos ou cujas mortes venham a ocorrer de zero a um ano de vida, devem ser investigados. “Foram iniciados exames minuciosos dos prontuários que depois de concluídos serão enviados ao Comitê de Mortalidade Infantil do município e à Coordenadoria Regional de Saúde”, esclareceu a secretária.

Escolas de Samba correm o risco de ficar sem barracão

Nunca na história do carnaval de rua de Uruguaiana se ouviu falar tanto em problemas como nos preparativos deste ano. Depois do fechamento das sedes sociais e dos barracões que não se adequaram às normas de segurança determinadas pelo Plano de Prevenção de Combate a Incêndio do Corpo de Bombeiros (PCCI), agora outras passam a ficar de olho numa decisão judicial que poderá deixá-las sem barracão para a confecção de carros e alegorias. O enredo desta história teve início no passado quando o proprietário de um imóvel composto de seis galpões localizados na Rua Gregório Beheregaray Filho, bairro Cibrazém, tomou conhecimento de que o local fora invadido e ao mesmo tempo transformado em barracões, e que hoje estão locados para cinco escolas de samba de Uruguaiana. O procurador do proprietário, advogado Mário César Braccini, conta que a pessoa ocupante do imóvel ao ser questionada do ato, apresentou um recebido de pagamento de aluguéis no valor de R$ 8 mil, fornecido por um irmão do proprietário, falecido recentemente, e que não tinha procuração para representá-lo. Diante disso, o caso foi parar na justiça.

Dirigentes das escolas de samba pedem transferência de data para o Carnaval


Na edição de ontem, o Diário da Fronteira antecipou em manchete de capa que havia risco de cancelamento da edição 2014 do Carnaval de Uruguaiana, devido aos atrasos nos preparativos das escolas de samba. A informação foi confirmada já pela manhã com a revelação feita pelo próprio presidente da Comissão Municipal de Carnaval Eloy Trojan, de que na quarta-feira (12), representantes de algumas agremiações haviam pedido a transferência da data do evento. “Tivemos algumas escolas solicitando a transferência, mas tal decisão somente poderia ser tomada pelo prefeito municipal”, afirmou Trojan. “A alegação maior dos dirigentes é que não tiveram muito tempo para a realização dos trabalhos devido às interdições das sedes e dos barracões”. Trojan alega que o atraso também se deve à falta de estrutura das escolas de samba nos barracões. “Tivemos reuniões em agosto e dezembro do ano passado para tratar sobre o assunto, mas os problemas somente foram solucionados a partir de janeiro; então, houve atraso por não cumprimento por parte das escolas, mas a Comissão Municipal de Carnaval esteve sempre presente”, declarou Trojan.

Menino de dez meses depende da ajuda do município para sobreviver

A jornada do menino Roberto começou em 3 de abril do passado quando nasceu com 41 semanas de gestação, já portador de Hipoplasia no ventrículo esquerdo, uma grave doença cardíaca que determinou a internação imediata dele na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) Pediátrica da Santa Casa de Caridade. No dia 20 do mesmo mês, a criança foi transferida para a Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre. Depois de quatro cirurgias, o menino de apenas 10 meses ainda segue lutando pela vida e permanece em estado de saúde estável. Hoje internado no Hospital Santo Antônio, na capital, ele e a mãe, Nívea, 34 anos, enfrentam a burocracia para retornar a Uruguaiana, a fim de continuar o tratamento em casa. A Justiça determinou que o Estado e o município de Uruguaiana assumam as despesas com o tratamento em casa, onde o menino estará livre das perigosas infecções hospitalares. Entretanto, até hoje, a família não obteve resposta nem do Estado nem do município. Considerado um “guerreiro” pelos médicos e enfermeiros, Robert sobreviveu depois de enfrentar cirurgias de alto risco, mas as batalhas deixaram marcas pelo seu corpo, nos braços, coxas, barriga e uma cicatriz de 10 centímetros no peito.

segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014

Caminhão brasileiro provoca acidente em estrada argentina e deixa um saldo de 19 mortos

O caminhão de uma empresa com sede no estado do Paraná transitava na contramão quando bateu de frente com um ônibus: 19 mortos e 12 feridos.
O acidente aconteceu no final da tarde de sexta-feira (7), na Rua Nacional nº 7, na altura do autódromo de San Martin, província de Mendoza. Por causa do impacto, os dois veículos pegaram fogo. Conforme as autoridades policiais da Argentina, o ônibus havia saído de Córdoba com destino a Mendoza, e o caminhão com placas brasileiras havia cruzado a fronteira transportando uma carga de alho. Segundo testemunhas, o caminhão andou por quase cinco quilômetros na contramão da rodovia, batendo de frente com o coletivo.
Os passageiros desesperados tentavam escapar pelas janelas de emergência quando o fogo começou. No sábado pela manhã, a Polícia Caminera Argentina informou que 13 pessoas morreram no choque; uma dentro de um helicóptero, outra dentro do hospital da província e que 12 pessoas ainda continuam internadas. O motorista do caminhão, provavelmente brasileiro, morreu durante o impacto.
Agora os peritos querem saber porque o motorista brasileiro, que ainda não havia sido identificado no sábado, transitava na contramão e em alta velocidade.

Devedores devem evitar intermediários para “limpar nome”, segundo Serasa

Os consumidores com dívidas, inscritos em algum serviço de proteção ao crédito (SPC) ou na Serasa, que centraliza os serviços de cobrança dos bancos, devem analisar com reservas os anúncios que prometem facilidades para retirar anotações de inadimplência, sem pagamento da dívida.
A advertência é do diretor jurídico da Serasa Experian, Silvânio Covas, para quem essas promessas são formas de enganar o consumidor. "Não existe fórmula mágica para ter a anotação da dívida cancelada, sem que ela seja renegociada ou paga”. O consumidor deve ter, portanto, toda a atenção necessária na hora de “limpar o nome” para não se tornar vítima de golpistas, e entender que a melhor opção para regularizar uma pendência financeira é procurar diretamente o credor ou obter informações nos postos de atendimento gratuito na Serasa ou no SPC.

Mortes em série de bebês na Santa Casa apavoram pais

Os relatos de um pai e de uma mãe sobre mortes em sequência de bebês dentro da Maternidade da Santa Casa de Uruguaiana podem ser reveladores de fatos graves que, provavelmente, indiquem falhas no atendimento médico obstétrico. Quatro crianças, duas de sete e duas de nove meses, teriam morrido em um período de 24 horas, na principal instituição de saúde pública regional. No epicentro das denúncias, o jovem Eduardo Bem Hur da Silva, de 19 anos, e a mulher dele, uma adolescente de 17 anos, que perdeu o bebê, retirado já sem vida da barriga. Ela ingressara segunda-feira (3) na Maternidade do hospital. Eduardo conta que sua mulher, baixou à Maternidade já com suspeita de que o bebê estivesse morto. Ainda na segunda quinzena de janeiro, ele havia levado a esposa ao obstetra particular, que constatara haver anormalidade na situação da criança dentro do útero. “O doutor constatou que o bebê não reagia e não havia batimentos cardíacos e nos encaminhou à Santa Casa de Caridade aonde acho que a criança já chegou morta”, admite o trabalhador rural.

Mutirão para a perícia dos novos professores estaduais começa nesta terça-feira

A Secretaria da Administração e dos Recursos Humanos (Sarh), em parceria com a Secretaria da Educação (Seduc), Procergs e Casa Civil, dá início, nesta terça-feira (11), ao mutirão para a realização da perícia médica dos novos professores estaduais. A nomeação dos 540 docentes foi publicada na sexta-feira (7), no Diário Oficial do Estado. A posse está marcada para o dia 21 de fevereiro. O período entre a nomeação e posse dos novos servidores será menor que 15 dias, graças ao sistema virtual de ingresso. O primeiro salário dos novos servidores será pago já na folha de março.
O agendamento da perícia é feito pelo site da Seduc. O professor só precisa vir à Capital no dia agendado, quando faz a perícia e entrega a documentação, e no dia da posse. A prática do ingresso por meio do processo físico obrigava que o professor passasse por dez guichês.
Com o novo sistema, todos os procedimentos são virtuais e o acompanhamento da tramitação do processo, por meio da plataforma digital, permite localização de falhas e correções de forma rápida e efetiva. Antes da virtualização, o tempo necessário para a inserção de um professor na folha de pagamento poderia chegar a até cinco meses, a partir da nomeação. A virtualização também envolve menos servidores trabalhando presencialmente. Em vez de 130 servidores dos departamentos responsáveis, são cerca de 60 envolvidos nos mutirões de perícia e posse.
Os mutirões realizados em 2012 já haviam reduzido esse prazo. Entretanto, desde a perícia médica e psicológica até a posse, muitos procedimentos eram manuais e consumiam muito papel. A morosidade prejudicava as garantias e direitos do ingressante e a saúde do trabalhador que executava o trabalho de ingresso.

Uruguaianenses esgotam estoques de ar-condicionado

Com temperaturas recordes registradas no Estado, neste verão, os gaúchos recorrem ao ar-condicionado para amenizar o calor. O aumento nas vendas também está gerando uma preocupação para os lojistas, uma vez que com o ritmo intenso, já está havendo dificuldade em repor os estoques. A projeção, no entanto, é de crescimento contínuo na comercialização destes produtos, visto que a meteorologia ainda prevê altas temperaturas para os próximos dias.
O gerente de uma das lojas Colombo, Marcelo Aquino aguarda que as fábricas enviem mais aparelhos, pois não há mais nenhum em estoque. “Os clientes compram o ar-condicionado e têm que esperar de cinco a sete dias para que o produto seja entregue. Não há mais nada em estoque”, frisa.
Segundo ele, as vendas praticamente duplicaram em comparação ao mesmo período de 2013. Somente na última semana foram vendidas mais de 100 unidades. “Depois das festas de final de ano, as vendas costumam diminuir, mas por conta do calor intenso, têm sido satisfatórias”, comenta.
Conforme o gerente da loja Quero-Quero, Eduardo Mendes, os fabricantes destes produtos não estão dando conta da demanda. “O aumento das vendas é tanto que os fabricantes de ar-condicionado não estão dando conta de suprir a demanda. O cliente efetua a compra e tem que esperar o produto chegar”, relata. Eduardo conta que os ventiladores também têm tido uma boa procura, sendo que são comercializados em torno de 30 aparelhos, diariamente.

terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

Sanchotene Felice conscientiza sobre Lei do Surf nas praias gaúchas

 
O ex-deputado Sanchotene Felice está nas praias do litoral norte do Estado realizando campanha de conscientização sobre a importância de observar as áreas próprias para pesca, surf e lazer conforme a Lei 8676, de sua autoria. Para divulgar essa ideia, o ex-deputado entregou ao surfista Gustavo Bertotto material explicativo sobre a legislação, as placas e a importância da fiscalização de todos, inclusive com denúncia em caso de descumprimento da lei. O jovem faz parte da Associação dos Surfistas de Capão da Canoa e destacou que irá divulgar a Lei do Surf já que essa conscientização salva vidas e protege os surfistas quando ingressam ao mar para a prática do esporte. O ex-deputado Felice apela a todos para que, em seus municípios, nos locais de veraneio, acompanhem e cobrem das autoridades responsáveis a colocação de sinalização demarcando as áreas de pesca, lazer, esporte e recreação. “Meu maior propósito é que esta lei promova convivência harmoniosa entre surfistas, banhistas e pescadores nas praias gaúchas, com o objetivo principal de preservar vidas”, argumentou. Felice é autor da 1ª Lei de Transplantes de Órgãos do Brasil, que também completou 25 anos e da Lei nº 9.090 que obriga a vacinação contra a rubéola, instituída no mesmo período, na Constituinte Estadual de 1988.

Monocultura do arroz cede espaço para a soja em Uruguaiana

O setor primário de Uruguaiana experimenta uma nova perspectiva de produção, depois de 75 anos baseado na monocultura do arroz: começam a germinar em nossos campos a soja e pelas próprias mãos dos arrozeiros. Conforme dados do Instituto Rio-grandense do Arroz (Irga), seis produtores de Uruguaiana e Barra do Quaraí lançaram sementes em 1.200 hectares de terra e devem colher 3.690 toneladas de produto ao final da segunda quinzena de março quando fecha o ciclo de 130 dias de desenvolvimento desse tipo de cultura, o mesmo período do arroz. Conforme o engenheiro agrônomo do Irga Gustavo Hernandes, a produtividade em Uruguaiana deverá superar a da região produtora tradicional do Estado em 12%, com a estimativa de colheita de 55 a 60 sacas de 60 quilos por hectare. “Entre as características da soja é que a cultura é plantada em áreas onde antes foi cultivado arroz e em Uruguaiana está sendo 100% irrigada com águas de barragens”, frisa Hernandes.

Noite da Pecuária volta a ser realizada em março

Com a finalidade de desenvolver e manter na região da Fronteira Oeste um espaço para discussão e compartilhamento de conhecimentos técnico de excelência nas áreas de bovinocultura de corte e de leite, assim como ovinocultura e equinocultura, é que acontecerá a Noite da Pecuária.  O evento é promovido pelo curso de Medicina Veterinária da Universidade Federal do Pampa (Unipampa) e será realizado nas primeiras segundas-feiras de cada mês. Neste ano, iniciará no dia 10 de março, no Salão Nobre do Sindicato Rural de Uruguaiana. O tema será “Gestão de Atividades Pecuárias”. O público alvo é criadores de gado bovino de corte e de leite, criadores de ovinos e equinos, além de técnicos, acadêmicos e pesquisadores de áreas relacionadas a esses setores.

Universitários da Unipampa fazem paralisação de protesto


Os cerca de dois mil estudantes universitários, dos três turnos da Universidade Federal do Pampa, campus de Uruguaiana, organizaram para esta terça-feira (4), uma paralisação total de suas atividades em protesto contra o fechamento de dois bares que funcionam no local e que são os responsáveis pelo fornecimento das refeições para a comunidade acadêmica. Por outro lado, eles ainda consideram muito caro o valor de R$ 8,50 cobrados para um almoço, por se tratar de uma instituição de ensino federal, que deveria subsidiar a alimentação dos universitários. Além disso, eles defendem uma reforma nas instalações das redes elétricas e hidráulicas dos bares, que atualmente oferecem riscos aos alunos.
Ricardo Costa Almeida, estudante do curso de Medicina Veterinária, que lidera o movimento, adiantou ontem que dois bares terceirizados funcionavam no campus, sendo que um fechou suas portas e o outro está encerrando suas atividades tendo em vista o vencimento do atual contrato, e até o momento não houve uma nova licitação.
Eles temem pelo fechamento do bar que ainda está em funcionamento, e caso isso aconteça, os universitários que não possuam carro serão obrigados a desembolsar cerca de R$ 12,00 a mais por dia, somente com passagens de ônibus.

Presidente do Legislativo recebe Federação de Associações de Bairros do RS

Os representantes da Federação Riograndense de Associações Comunitárias e Moradores de Bairros (FRACAB) estiveram em audiência com o presidente da Câmara Municipal de Uruguaiana, vereador Ronnie Mello. Na sexta-feira, dia 31, foram apresentadas as atividades da instituição de representação comunitária composta por associações de moradores com sede em Porto Alegre.

Frederico intensifica ações em 2014 para a resolução de demandas da Fronteira Oeste

O líder da bancada do Partido Progressista na Assembleia Legislativa seguirá priorizando as ações do seu mandato em torno do desenvolvimento das regiões de fronteira e metade sul do RS. Frederico Antunes irá intensificar ainda mais sua atuação política na cobrança de ações e alternativas para a resolução definitiva dos principais gargalos de infraestrutura e investimento para os gaúchos.
Com a colaboração e o apoio da senadora Ana Amélia Lemos, dos deputados federais gaúchos e das principais lideranças de sua região, uma das prioridades do deputado Frederico será a luta pela regulamentação da Lei dos Free Shop nas chamadas cidades-gêmeas de fronteira – municípios brasileiros cujos vizinhos de outros países já têm lojas francas. Prevista para ter ocorrido no fim do ano passado pela Receita Federal, a autorização ainda não saiu do papel. No Rio Grande do Sul, 10 cidades esperam ansiosamente para operar o comércio. “A regulamentação é fundamental, pois define aspectos específicos, como quem poderá abrir um freeshop ou como os brasileiros poderão comprar. Não podemos perder mais tempo”, sentencia o deputado, que está em contato direto com o Ministério da Fazenda e a Receita Federal para agilizar ao máximo os trâmites burocráticos.  O processo licitatório para a definição da empresa responsável  pela construção da nova ponte sobre o Rio Ibicuí, entre Uruguaiana e Itaqui, também continuará merecendo atenção especial de Frederico. O deputado tem realizado audiências na região para debater o tema, e adianta que pressionará os órgãos responsáveis por uma definição urgente para a questão. Com apenas uma via, a ponte de 1,7 mil metros na BR-472 é um dos gargalos econômicos da Fronteira-Oeste. “Itaqui possui o maior parque industrial de beneficiamento de arroz da América Latina. Na época da colheita, o fluxo diário na ponte chega a mil veículos. A falta da nova ponte representa um atraso logístico inaceitável”, pontua o líder do PP. Do mesmo modo, Frederico também continuará tendo forte atuação política na defesa da duplicação da BR-290.

segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

Prefeitura deve mais de R$ 2 milhões para empresa que faz coleta de lixo

O município de Uruguaiana está inadimplente há cerca um ano com a empresa Urban, responsável pela coleta do lixo, e esta situação pode provocar uma paralisação dos serviços, pelo menos nos bairros da cidade até que a dívida seja regularizada.
A empresa com sede em Alvorada, região metropolitana de Porto Alegre, realiza a coleta diariamente desde 2005. A prestação do serviço atinge cerca de 33 mil residências de Uruguaiana, utilizando 38 funcionários, uma frota de seis caminhões especiais e mais dois para a coleta seletiva de resíduos. Um levantamento revela que cada residência tem um custo médio de R$ 70,00/ano, o que proporciona uma arrecadação aos cofres públicos em torno de R$ 2,3 mil ao ano. Nos últimos 12 meses estes valores não foram repassados à empresa que vem arcando com o pagamento de funcionários, manutenção da frota, encargos sociais, fornecedores e outras despesas. Diariamente são recolhidas na cidade entre 100 a 120 toneladas/dia de lixo.

Começou o prazo para entrega da RAIS ano-base 2013

Está aberto o prazo para a entrega do Relatório Anual de Informações Sociais (RAIS), ano-base 2013. Todos os empregadores urbanos e rurais — além de autônomos e profissionais liberais que tenham mantido empregados, entidades vinculadas à pessoa jurídica no exterior e todos os tipos de empresa — têm até o dia 21 de março para relacionar todos os funcionários e servidores vinculados ao estabelecimento, bem como o quantitativo arrecadado das contribuições sindicais.
De acordo com as novas regras do Ministério do Trabalho e Emprego, as empresas que possuírem 11 ou mais vínculos empregatícios (desconsiderando os vínculos com trabalhadores autônomos ou eventuais, ocupantes de cargo eletivos, estagiários, empregados domésticos, cooperados e diretores sem vínculo empregatício, para os quais não é recolhido o FGTS) deverão, ainda, preencher e transmitir a RAIS com certificado digital, operando com o padrão ICP Brasil, emitido por uma Autoridade Certificadora. A obrigatoriedade também vale para os órgãos e empresas públicas.
Segundo Lygia Carvalho, da Moore Stephens Auditores e Consultores, a RAIS é uma fonte essencial para a análise do mercado de trabalho brasileiro. É a partir dos dados contidos nesse relatório que a gestão governamental controla a atividade trabalhista no País e elabora estatísticas de emprego, desemprego e produtividade.

Secretário Jorge Lopes teme riscos para o comércio local com a chegada dos free shops

Em recente viagem a Porto Alegre, o empresário e secretário municipal de Indústria e Comércio, Trabalho e Emprego (Semic), Jorge Prestes Lopes, trouxe novas reflexões para a realidade local, referentes a prejuízos que poderão ser causadas pelo tratamento diferenciado que a legislação já garante para os free shops. A legislação federal, que antes garantia isenção de Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) para free shop, excluindo o Rio Grande do Sul, agora dá a mesma garantia para o Estado. “O governo do Estado conseguiu aprovação junto ao Conselho Nacional Fazendário (Confaz) para também isentar de ICMS as empresas estabelecidas como free shop no Estado”, afirma Lopes. Para o secretário, é necessário analisar com muito cuidado esse novo cenário.

Fiscalização fecha o cerco contra contrabandistas de cigarros

A Delegacia da Receita Federal do Brasil (DRFB) e a Polícia Federal (F) fecham aos poucos, o cerco contra as quadrilhas de contrabandistas de cigarros que agem em Uruguaiana e região. Os volumes apreendidos, geralmente em rodovias e na própria aduana, partem de fábricas clandestinas no Paraguai com destino a Uruguaiana e a outras cidades gaúchas. O chamado “Mercado Negro” de cigarros mobiliza quadrilhas organizadas formadas por brasileiros, uruguaios, argentinos e paraguaios que fazem o produto entrar no Brasil pela fronteira do Brasil com a Argentina sendo Uruguaiana, a principal rota. Conforme o auditor-fiscal chefe da Receita Federal José Alex Oliveira, somente em 2013 foram 15 apreensões no valor total de R$ 350 mil. No entanto, se forem somados os últimos cinco anos, esse número dá um incrível salto e passa de 100 cargas apreendidas que totalizam uma tonelada de cigarros paraguaios no valor de aproximadamente R$ 1,5 milhão. “Nesse período, foram feitas muitas prisões e formalizamos uma centena de processos administrativos que têm como réus contrabandistas”, afirma Oliveira.

Contas de água geram reclamações de moradores do bairro Nova Esperança

Os moradores do bairro Nova Esperança II, uma das áreas mais carentes de Uruguaiana, receberam nos últimos meses faturas de água com valores considerados muito elevados, e que podem atingir cerca de 200%, o que torna o pagamento impraticável segundo eles. A dona de casa Tânia Adelaide Gonçalves Pinto, moradora na Quadra 5, disse durante entrevista à Rádio Líder, que suas faturas a partir do mês de novembro de 2013 até a recente data, foram entregues com valores muito altos, detalhando que naquele mês a conta foi entregue com o valor de R$ 45,69; em dezembro subiu para R$ 70,26 – representando um aumento de 53,785; em janeiro deste ano veio com o valor de 153,90 que, se comparado ao mês dezembro teve um aumento de 119% e, comparado ao mês de novembro representa um aumento de 236,8%; e finalmente a conta relativa ao mês de fevereiro em R$ 245,95 que, comparada ao mês de novembro de 2013, atinge o percentual de 438%.
Valdir Saldanha Toledo, também morador da mesma rua, demonstrou descontentamento com os valores cobrados pelo fornecimento de água, lembrando que naquela área da cidade a taxa de esgoto não é cobrada dos moradores e sim a tarifa social. Daí sua estranheza com os valores.

Mais de 2,5 mil casas ficam sem luz devido aos ventos fortes registrados em Uruguaiana

Os fortes ventos e a chuva que atingiram Uruguaiana na madrugada desta sexta-feira (31) ocasionaram alguns estragos, entre eles, suspensão do fornecimento de energia elétrica, postes caídos e também casas destelhadas. Segundo o setor de meteorologia do Aeroporto Internacional Ruben Berta, os ventos chegaram a 40 km/h e até às 14h de sexta-feira havia chovido 5,2mm. De acordo com o coordenador operacional da empresa concessionária de energia elétrica no município, Leandro Cunha, em virtude dos fortes ventos 2.500 residências ficaram sem luz por algumas horas. “A suspensão da energia elétrica se deu por um desarmamento do alimentador de energia. A maioria das casas atingidas foi da Zona Leste da cidade”, explicou. Leandro informou que até o início da tarde de sexta-feira, quase todas as residências estavam com o fornecimento de energia restabelecido. Para tanto, cerca de 100 casas, localizadas no interior do município, ainda continuavam sem luz motivada pela queda de postes. “Equipes da empresa trabalharam para restabelecer a energia o mais breve possível”, argumentou. Além da falta de luz, os ventos fortes também deixaram algumas casas destelhadas. Muitas delas localizadas na Rua Telmo Bastos, no Bairro Cabo Luiz Quevedo. As famílias tiveram que improvisar com lonas até que o conserto do telhado. Até o fechamento desta edição a reportagem do jornal Diário da Fronteira tentou manter contato com a Defesa Civil para saber mais detalhes sobre as residências atingidas em virtude do temporal, mas não logrou êxito.

Legislativo pleiteia vinda de PMs para Uruguaiana

Nesta quinta-feira, dia 30, o vereador Irani Coelho Fernandes (PP) solicitou providências para o aumento do efetivo de policiais militares em Uruguaiana durante audiência com representantes do comando-geral da Brigada Militar. No encontro realizado em Porto Alegre com o assessor da BM, major Marcel, foi relatado o interesse de soldados uruguaianenses em retornarem ao município. Cerca de 10 PMs uruguaianenses estão em treinamento, entretanto foi destacada a necessidade do município receber entre 15 e 20 soldados para preencher a vacância no setor, reduzir os índices de criminalidade em Uruguaiana e possibilitar a presença de policiamento nas ruas. O comando-geral sinalizou positivo para a solicitação, buscando avaliar as necessidades da região e do Estado.

Centro de Equoterapia promove curso teórico prático para aplicação do MABC-2

Nos dias 14 e 15 de março, o Centro de Equoterapia de Uruguaiana – General Fidelis (C.E.U), em parceria com a Unipampa, promove curso sobre Avaliação Motora Padronizada (Movement Assessment Battery for Children – MABC-2) – bateria de testes amplamente reconhecidos como auxiliares importantes na identificação de Desordem Coordenativa Desenvolvimental (DCD) em crianças. O evento irá ocorrer das 14h às 22h30 na sexta-feira e das 8h às 18h no sábado na Associação Comercial e Industrial de Uruguaiana (XV de Novembro, 2167). O investimento à vista é de R$ 350,00 para estudantes e R$ 480 para profissionais. O curso destina-se a estudantes e profissionais das áreas de Educação e Saúde. A pós-doutora em Desenvolvimento Motor pela University of Maryland, EUA, Nadia Valentini, uma autoridade nacional sobre Desenvolvimento Motor, será a ministrante do curso, o qual habilita os participantes a aplicarem a avaliação.  De acordo com especialistas, crianças com Desordem Coordenativa Desenvolvimental apresentam déficits motores e baixos níveis de prática de atividade física diária. As dificuldades motoras conduzem estas crianças a evitarem a prática de esportes e o que leva ao aumento dos riscos de doenças associadas à inatividade física.

Fiés prestam homenagem à Nossa Senhora dos Navegantes neste domingo

Diversas manifestações fé e homenagens a Nossa Senhora dos Navegantes estão programadas para acontecer neste final de semana, em Uruguaiana. Segundo o Frei Paulo Prigol, um dos organizadores do evento, neste sábado (1º), às 20h, na Comunidade Nossa Senhora de Lourdes, localizada no Bairro Mascarenhas de Moraes (Marduque), haverá uma missa. A imagem da Santa permanecerá naquela comunidade até este domingo (2), quando às 20h15min, a Marinha do Brasil iniciará a procissão fluvial pelo Rio Uruguai, com destino ao Tamandaré Iate Clube.  Frei Paulo explica que a procissão terrestre deverá iniciar por volta das 20h30min. A caminhada percorrerá as ruas General Vitorino, Tiradentes, XV de Novembro e Vasco Alves, até a frente da Igreja Nossa Senhora do Carmo, onde será celebrada a missa festiva pelo bispo diocesano, Dom Aloísio Alberto Dilli.